Texto por Colaborador: Redação 11/06/2021 - 12:43

Após mais um fiasco inacreditável do time Colorado na temporada de 2021, a crise está instalada no Gigante da Beira-Rio. Segundo informações da ZH Esportes e do GE.com nesta sexta-feira, houve uma reunião na manhã desta sexta, com o presidente Alessandro Barcellos, o vice de futebol João Patrício Herrmann e o executivo Paulo Bracks com o Conselho de Gestão do Inter para definir o futuro do treinador Miguel Ángel Ramírez.

Foi discutido pelos dirigentes Vermelhos a multa rescisória prevista no contrato do técnico espanhol, além de debates a respeito do modelo de jogo. É possível que haja mais saídas do departamento de futebol.

Entende-se que há três fatores que dificultam a demissão de Ramírez: o valor da multa rescisória, que se aproxima dos R$ 10 milhões; a regra limitadora de trocas de técnicos no Brasileiro; e o fato do treinador estar com Covid-19. Em paralelo, os dirigentes consideram que o grupo não está alinhado com a filosofia e que seria complexo retomar os conceitos básicos de trabalho.

A tendência de momento ainda é de mudança no comando técnico. Uma solução de comum acordo deverá ser tentada com o profissional. Em caso de aceitação, Osmar Loss, auxiliar técnico permanente, poderá orientar o time de form interina diante do Bahia, no domingo pela 3° rodada do Campeonato Brasileiro.

Segundo informações do jornalista Lucas Collar, o perfil do novo técnico será de alguém com capacidade de remobilizar o ambiente do vestiário. Esse é visto como o principal defeito de Ramírez. Segundo a ZH Esportes o nome de Lisca é o que tem mais força nos bastidores do clube. 

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1418 pessoas já votaram