Texto por Colaborador: Redação 09/04/2020 - 18:40

Ao analisar o cenário nacional, o diretor de futebol do Atlético, Alexandre Mattos, foi duro e disse que a situação econômica não apenas do clube alvinegro, mas de todos os outros no país, é “desesperadora”, em entrevista à Band, na tarde desta quinta-feira.

“A situação é desesperadora. Não vou mentir: é desesperadora. Os clubes de futebol do Brasil, e aí não é só o Atlético, você pode colocar até o que hoje estão em um momento financeiro melhor, como Flamengo e Palmeiras, todos necessitam dos bancos para fazer algum tipo de conta garantida, alguma situação de antecipação em cartão de crédito pelo sócio-torcedor”, declarou. 

“Todos os clubes, no fim, (tem a mesma necessidade, de buscar empréstimos). O que muda são os valores que a televisão paga, a quantidade de pay-per-view, a quantidade de camisas, a quantidade de sócio-torcedor, porque o estádio de um cabe 15, o estádio do outro cabe 60. Então, o que muda é isso. Mas a busca pelo dinheiro é muito parecida, muito parecida. Hoje, o cenário é desesperador. Os bancos também estão com cenários de dificuldade. Então, eles próprios estão segurando algumas situações corriqueiras na vida de um clube de futebol (...) Se isso se prorrogar por dois, três, quatro meses, eu tenho muita preocupação com o que vai acontecer nos clubes de futebol do mundo, especialmente os daqui do Brasil”, completou.

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

946 pessoas já votaram