Texto por Colaborador: Redação 12/10/2020 - 00:12

Alexandre Barcellos, vice-presidente do Inter, minimizou as chances do clube ir ao mercado neste momento de pandemia. Falando após a vitória por 2 a 1 sobre o Athletico-PR, neste domingo (11), o dirigente preferiu enfatizar os nomes da base que tem surgindo no time principal de Eduardo Coudet - além da boa campanha alvirrubra -, respondendo sobre uma possível vinda de Taison e outras situações no mercado de transferências. Confira os principais trechos:

Contratações: "Eu prefiro exaltar a participação dos meninos, algo que era muito reclamado quando cheguei no Inter. A próxima gestão vai encontrar um grupo bem melhor nas categorias de base. (...) Nosso maior compromisso deste ano é conseguir terminar com nossas obrigações em dia. Sem dever nada pro nosso grupo de jogadores. É um ano completamente atípico. Estamos vivendo uma pandemia, ela ainda está em curso. Nós temos hoje uma grande dificuldade financeira, com um déficit muito significativo, que terá que ser pago nos próximos anos, então o SCI é um clube muito grande, estamos sempre analisando jogadores pelo CAPA, mas a probabilidade de contratar novos atletas é pequena. Não posso mentir para o nosso torcedor. A não ser que surja algo novo, como com o Guerrero, como tivemos que buscar o Abel".

Qualidade do elenco: "É muito bom estar jogando três competições simultaneamente. Este é o sonho de qualquer clube. Como falei antes sobre as receitas, quanto mais jogos de competições que premiam em dinheiro, é melhor para nós. Sabemos que será um ano diferente, jogo em cima de jogo, a oscilação sempre vai haver. Mas eu prefiro valorizar o grupo, que está disputando a liderança, eu tenho que elogiar os jogadores. Agora temos que ir para Recife, e não para essa loucura. Assim eu só posso enaltecer estarmos lá em cima na tabela e disputando o primeiro lugar no Campeonato Brasileiro".

Saída de novos jogadores pode acontecer? "Tivemos uma situação específica que foi o Edenilson, embora nossa ideia seja de manter o grupo até o final do ano. Mas evidente que pode surgir proposta, mas por hora nós não temos nenhuma proposta para os jogadores do Internacional".

Taison: "O Taison é um jogador que teve um carreira muito vitóriosa aqui, mas é uma matéria que provavelmente ficará para a próxima gestão. Pode haver uma conjugação de vontades - dele e a nossa - mas é uma matéria que ficará para o próximo presidente."

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1542 pessoas já votaram