Texto por Colaborador: Redação 25/09/2021 - 00:00

Com pouca atratividade, os estaduais devem render cada vez menos aos clubes após o encerramento do contrato com a Globo. Enfrentando uma realidade frente adversários com pouco investimento e baixa qualidade de futebol, as TVs não se animam com a possibilidade de investirem milhões nestas competições. Dois exemplos são o Campeonato Gaúcho e Mineiro, onde os clubes não estão nada animados com o dinheiro oferecido pela renovação do contrato dos direitos de transmissão.

Nesse cenário de dificuldade em chegar a um acordo por conta dos valores oferecidos, os gigantes de Minas Gerais e Rio Grande do Sul começaram a cogitar uma nova versão da Copa Sul-Minas. A ideia, segundo o UOL, seria aumentar a demanda pela competição, elevando os lucros dos clubes.

De acordo com o portal, a nova edição a Copa Sul-Minas ocorreria durante a fase de classificação dos estaduais. Os demais clubes disputariam partidas locais. O projeto ainda está em um estágio inicial e por conta disso, a Globo, emissora que detém os direitos de transmissão dos campeonatos, não foi apresentada.

A ideia era unir quatro times mineiros e outros quatros times gaúchos. A expectativa é que a presença de Inter, Atlético-MG, Cruzeiro e Grêmio juntos, aumente a demanda pela competição, aumentando assim o lucro das equipes no início da temporada.

Os principais clubes possuem visões diferentes sobre um possível retorno da competição. Alguns entendem que não há data viável para acontecer uma união dos clubes, mas outra parte afirma que o assunto já está na mesa de negociação, mesmo que esteja em estágio inicial.

A queda no lucro com os estaduais é algo que já vinha sendo apontado há muitos meses. Os motivos principais são o surgimento de novas plataformas, pouco interesse dos torcedores por um campeonato longo e com pouca competitividade, e os reflexos da pandemia no caixa das empresas.

Os clubes avaliam que os valores oferecidos pela renovação dos campeonatos estaduais é muito baixo. O acordo atual com a Rede Globo pelo Gauchão termina neste ano, rendendo cerca de R$ 12 milhões à dupla GreNal.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

137 pessoas já votaram