Texto por Colaborador: Redação 25/01/2020 - 12:50

É CAMPEÃO!! São Paulo virou Porto Alegre por um dia. Neste sábado pela manhã no estádio do Pacaembu, Inter e Grêmio fizeram a decisão inédita da Copa São Paulo, a famosa Copinha. Após o empate em 1 a 1 no tempo normal, em um duelo equilibrado e com algumas boas chances para as ambas as equipes, a decisão acabou indo para os pênaltis. Nas penalidades o time Colorado levou a melhor (3x1) e se sagrou campeão pela quinta vez do torneio nacional!

Com a nova taça, o Inter repete o que já havia feito em 1974, 1978, 1980 e 1998, se tornando pentacampeão da maior competição de base do Brasil, tornando-se, ao lado do Fluminense, o segundo time com mais conquistas – o Corinthians, com dez, é o maior campeão.

Durante os 90 minutos, o Grêmio abriu o placar em um gol contra do colorado Tiago, aos 7 minutos do segundo tempo. Logo depois, Guilherme Pato empatou e levou a decisão para as penalidades.

Apesar de uma partida bem jogada, as duas equipes não conseguiram criar grandes chances. Com boas atuações dos meias Diego Rosa, do Grêmio, e Cesinha, do Inter, boa parte da partida foi travada no meio-campo, mas na hora da finalização os atacantes pecaram e as defesas foram bem para impedir arremates. 

O segundo tempo ganhou momentos mais emocionantes. Aos sete minutos, o Grêmio abriu o placar com gol contra de Tiago Barbosa, do Inter. Na comemoração, Alison Calegari, que já tinha cartão amarelo, subiu no alambrado para vibrar com a torcida, levou o segundo e foi expulso. A reação do Colorado foi rápida. Matheus Monteiro avançou pela esquerda e cruzou para Guilherme Pato empatar. Depois disso, virou jogão. O Inter acertou a trave com Praxedes, Elias parou no goleiro Emerson após grande jogada. 

INTER 1 (3) x1 (1) GRÊMIO

INTER: Emerson Júnior; Lucas Mazetti, Tiago Barbosa, Carlos Eduardo e Leonardo; Murilo (Volnei), Praxedes (Thális) e Cesinha; Guilherme Pato, Caio (Léo Ferreira) e Matheus Monteiro.
Técnico: Fábio Matias.

GRÊMIO: Adriel; Heitor, Alison Calegari, Luis Fernando (Gonçalves) e Matheus Alves; Diego Rosa, Gazão e Pedro Lucas (Natã); Rildo (Vitor Prado), Elias e Fabrício (Wesley Moreira).
Técnico: Guilherme Bossle.

Gols: Thiago Barbosa, aos 7 minutos do segundo tempo (GC/G). Guilherme Pato, aos 12 minutos do segundo tempo (I).

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

878 pessoas já votaram