Texto por Colaborador: Redação 31/05/2020 - 18:08

Após ser divulgado um ranking levando em conta apenas o acordos da Globo paga aos clubes em 2019, um novo relatório da Ernst & Young analisa a parte financeira dos 20 maiores clubes do Brasil, nas receitas com direitos de TV e premiação em 2019. Nesse, o Colorado aparece faturando R$ 155 milhões no quesito, contra R$ 329 milhões do Flamengo, o líder do ranking.

Em 2019, pela primeira vez em muito tempo, os contratos de direitos de TV foram divididos entre dois grupos, a Globo e a Turner. Entre os dez primeiros do ranking, Palmeiras e Internacional: acordo com Globo para TV aberta e PPV e com a Turner para a TV fechada.

Seis times entre os dez primeiros fecharam com a Globo para todas as plataformas: Flamengo, Corinthians, Grêmio (quarto no ranking, com R$ 181 milhões), São Paulo, Atlético-MG (oitavo, com R$ 121 milhões) e Vasco (nono, com R$ 119 milhões).

O grande vencedor do primeiro ano de adoção do novo modelo foi o Athletico-PR. O clube fechou com a Turner para a TV fechada e com a Globo apenas para a TV aberta, não para o PPV. Com isso, o time paranaense “forçou” a TV Globo a colocar seus jogos na TV aberta e teve uma maior receita com audiência. O clube teve R$ 17 partidas do Brasileirão transmitidas pela TV Globo e se colocou na quinta colocação do ranking, com R$ 160 milhões.

Confira o ranking completo:

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1002 pessoas já votaram