Texto por Colaborador: Redação 02/05/2021 - 13:26

O empresário de Paolo Guerrero, Vinícius Prates, divulgou nota oficial neste domingo confirmando o pedido de rescisão de contrato com o Inter, conforme noticiado na noite de sábado. O estafe do peruano critica a diretoria colorada e alega "falta de respeito" com o jogador.

De acordo com Prates, o centroavante se sentiu desconfortável com as frequentes notícias sobre a indefinição de sua renovação contratual. Guerrero pretendia postergar as conversas sobre a permanência depois de retomar as plenas condições físicas. E entende ter sido desrespeitado pelo clube.

O contrato do camisa n° 9 prevê o pagamento de multa em caso de rescisão de uma das partes antes do término do vínculo. O valor seria de US$ 2 milhões a US$ 3 milhões, segundo o GE.

A direção, por outro lado, até ontem dizia desconhecer a intenção do peruano em deixar o Beira-Rio. Em diálogo com o jornalista e colunista do Correio do Povo Hiltor Mombach, a diretoria deixou claro que a chance de dispensa do atleta é zero.

O último contato entre os dirigentes e o jogador foi durante a manhã deste sábado. Guerrero foi encontrado pela diretoria "sorridente e feliz". 

Atualmente, Guerrero está afastado dos gramados, em recuperação de uma tendinite no joelho direito. A lesão é considerada normal para atletas que retomam as atividades após rupturas de ligamento cruzado anterior.

Confira a íntegra da nota do empresário de Guerrero

"O jogador está insatisfeito com as recentes declarações públicas que os dirigentes do clube vem fazendo constantemente sobre a situação contratual do atleta.

Desde que chegou ao Internacional, sempre se dedicou integralmente, pedindo inclusive dispensa da seleção de seu país para defender o clube. No período em que esteve lesionado, Paolo investiu particularmente em sua recuperação e esteve a disposição da equipe em tempo recorde.

O atleta, junto com seu empresário, pediram a rescisão contratual já que ambos entendem que existe uma falta de respeito dos dirigentes com o jogador que sempre foi profissional e dedicado ao clube. As recentes manifestações do estafe do jogador não falam e não são por conta de uma renovação, mas por conta das manifestações do clube onde colocam em dúvida a permanência do jogador.

Independente de qualquer situação, Paolo desperta interesse de diversos clubes do Brasil e do mundo, mas nunca expôs tais situações por respeito e ética ao Internacional, atitude diferente tida por parte dos dirigentes atuais.

Posicionamento oficial do empresário do atleta".

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

574 pessoas já votaram