Texto por Colaborador: Redação 22/03/2020 - 13:00

A rádio Bandeirantes conversou na manhã deste domingo com Fernando Ferreira, fundador da Pluri Consultoria, para falar sobre as finanças dos clubes brasileiros neste momento de parada devido ao coronavírus. Confira os principais trechos.

TEXTO:

"(O impacto) Vai depender de termos um panorama maior, de saber efetivamente quando os campeonatos poderão voltar. Os clubes terão uma perda de receita, isso é certo".

"No futebol, 40% das despesas são salários do time profissional. Esse é o número principal. Na Europa já se discute a redução salarial, como o exemplo do Bborussia, onde os atletas já falaram em aceitar reduzir seus ganhos".

"Por enquanto, o problema não tomou sua magnitude principal, que seria a descontinuidade do Brasileirão, ou da Libertadores. Os patrocinadores vão pressionar as televisões, os clubes... Os clubes no Rio já perderam patrocinador".

"Ninguém está imune aos efeitos do coronavírus, e ninguém pode ficar".

"A situação dos clubes pequenos é catastrófica. Esses clubes irão precisar de ajuda. Se todo ano já há um problema no calendário, agora eles terão um calendário de dois meses".

"Se o grande comerciante terá problema, o pequeno terá muito mais. Os clubes terão de ajustar elencos, custos. Teremos muitos clubes pequenos que não consigam sobreviver, descontinuando suas atividades".

"Essa poderia ser a oportunidade para reorganizar o calendário, e corrigir o excesso de jogos de clubes da Série A e a falta de jogos dos pequenos. É preciso dar calendário anual a todos".

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

1877 pessoas já votaram