Texto por Colaborador: Redação 28/12/2021 - 18:14

Por muitos anos no cargo de executivo de futebol do Inter, Newton Drummond concedeu entrevista exclusiva ao ESPN.com.br e opinou sobre a busca cada vez maior por técnicos estrangeiros pelos clubes brasileiros. Multi-campeão em sua passagem no Beira-Rio, o dirigente - que neste momento está sem clube após deixar o Coritiba - deixou deu seu ponto de vista sobre o assunto: 

“Eu acho um pouco modismo. Nós temos o exemplo do Internacional, que trouxe o Miguel Ángel Ramírez e que não teve sucesso nenhum. Nós temos, claro, o caso do Jorge Jesus, o Vojvoda, que talvez seja o maior destaque, para mim. Porque pegou um time 'comum', no sentido de não ter nenhum jogador de grande destaque, mas é um time que joga, um conjunto muito bem armado e articulado. Eu acho que é um pouco de modismo (...) Acho que é um pouco de decepção, também, com os brasileiros, que pedem muito e entregam pouco, sem generalizar. Aí, o Jorge Jesus, o Abel deram certo, então, vamos procurar estrangeiros. Acho que é modismo, não tem uma convicção. Nós temos o caso do Cuca, campeão com o Atlético-MG, liderando de ponta a ponta e sem dar chance pra ninguém, jogando um bom futebol o tempo inteiro, sem aquelas quedas que tem, às vezes. Ano passado, o Internacional trouxe o Abel [Braga] e foi vice-campeão com um time 'comum', também, só não foi campeão, na minha opinião, por um erro de arbitragem. Então, acho que temos que olhar com cuidado para os técnicos estrangeiros. Acho que o olhar tem que se ampliar, como está se fazendo, mas com critério”.

Ao todo, Newton Drummond teve quatro passagens como executivo de futebol no Internacional. A primeira entre 2002 a agosto de 2011. Durante o período, o Colorado conquistou duas vezes a Libertadores (2006 e 2010) e Recopa Sul-Americana (2007 e 2011), sete vezes o Gauchão, o Mundial de Clubes da Fifa (2006), a Copa Sul-Americana (2008). Os únicos títulos que não conquistou foram o do Brasileirão e Copa do Brasil. Além do Inter e Coxa, Newton também passou por Vasco, Chapecoense e Criciúma.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

1242 pessoas já votaram