Texto por Colaborador: Redação 26/11/2020 - 10:00

Em reportagem da ZH Esportes nesta quinta-feira com o ex-zagueiro Colorado André Luís, o defensor recordou em conversa com a rádio Gaúcha do duelo do Clube do Povo com o Barcelona de Maradona quando o time Vermelho enfrentou o time espanhol pelo Troféu Joan Gamper, em 1982, na estreia do ídolo argentino no Barça. Confira os principais trechos. 

TEXTO:

A foto nas redes sociais: "Tenho que mandar fazer um quadro desta foto. Poxa, estou com um dos maiores jogadores do mundo, e também ao lado do Mauro Galvão, que era um monstro".

O duelo com o timaço do Barcelona: "O time tinha Maradona, Schuster... Era um time imbatível. E nós conseguimos esta façanha. Nosso time também era destemido e tínhamos participado de outros torneios na Europa. O Maradona era novinho e o Camp Nou estava lotado. Todos estavam esperando ver o Barcelona nos eliminar, mas deu tudo certo".

O jogo: "Eu estava falando hoje (quarta-feira) com o Gilmar Rinaldi (goleiro reserva do Inter) e ele lembrou que, no final do jogo, o Maradona deu um pontapé no Ademir Kaefer (volante colorado), que não deixou ele jogar. Eu não lembrava deste fato. O Ademir era um marcador implacável. Entre nós, o apelido dele era "calo", porque não saía do pés dos caras. Como era excelente na marcação, deixamos ele para fazer o primeiro combate, enquanto eu e o Mauro Galvão ficamos atrás, esperando a segunda ação. O Maradona fez um grande jogo, mas não conseguiu fazer gol. A esperança dos torcedores era muito grande, mas o chefe Ernesto Guedes usou uma estratégia que conseguiu eliminar a noite de brilho que ele teria".

"Os jogadores vieram me cumprimentar pela foto e vieram me perguntar sobre como foi aquele jogo. Então, hoje (quarta-feira) foi um dia de glória para mim. Infelizmente, com a morte do Maradona, minha foto apareceu nas redes sociais e todos queriam saber como foi enfrentar ele e me perguntaram: "foi o jogador mais difícil que tu marcou?". Sem dúvida, nenhuma".

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

68 pessoas já votaram