Texto por Colaborador: Redação 18/07/2020 - 13:15

Com o veto do prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan nesta sexta-feira, o Clássico Gre-Nal 425 não poderá ser disputado no Beira-Rio na próxima quarta-feira, em duelo pela 4° rodada da segunda fase do Campeonato Gaúcho. Com a decisão completamente criticada pela direção vermelha, o Inter amarga alguns prejuízos com a perda do ambiente local e realização do clássico sendo disputado no estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Mesmo sem a presença da torcida, o fator Beira-Rio poderia somar e contribuir muito dentro de campo: desde a familiaridade com o gramado, os funcionários, as rotinas diárias e o ambiente já conhecido. A diretoria Colorada preparava um ambiente no Gigante para diminuir a não presença da torcida com imagens e sons do público, algo dificilmente possível com debilitado aspecto técnico do estádio em Caxias. 

Os aspectos sanitários também ficaram debilitados, e muito. A preparação para o jogo terá apenas dois dias úteis, além dos riscos do deslocamento em um momento delicado da pandemia do Coronavírus no estado dos clubes, o Inter tinha toda uma lojística preparada de protocolos que agora, a diretoria joga nas mãos da FGF. 

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

884 pessoas já votaram