Texto por Colaborador: Redação 28/03/2020 - 08:00

A Rádio Gre-Nal conversou nesta sexta-feira (27) à noite com o ex-presidente Fernando Carvalho, que respondeu algumas perguntas a respeito do momento e de seu passado no Clube do Povo. Confira os principais trechos.

TEXTO:

Momento da parada com a pandemia do Coronavírus: "A dificuldade é em todos os setores brasileiros. Neste momento, dar as férias é a única coisa que se tem a fazer".

Trabalho de Eduardo Coudet: "Eu acompanho o Coudet há algum tempo, desde aqueles jogos que fez contra o Grêmio, pelo Rosário Central. Ele é um treinador intenso, que ataca, mas que tem a defesa compacta. "O Coudet também é estrategista, também escala o time de acordo com o adversário. Exemplo disso foram os Grenais. Embora tenhamos perdido o primeiro, o Inter predominou e jogou nas deficiências do Grêmio".

Momento da equipe com a parada: "Essa parada é muito ruim pra nós".

Lembranças com o Inter: "Eu passei por momentos maravilhosos e melancólicos no Inter. Eu tenho muito orgulho de ter participado da conquista da Copa São Paulo 1998, com o Inter. À época, como Diretor do Futebol Amador".

"Eu tenho visto o Coudet dar uma atenção especial aos jovens. Gosto muito do zagueiro Pedro Henrique, pois tem postura firme, sabe sair jogando e consegue inverter muito bem o jogo".

Importância de Dalessandro: "O D'Alessandro continua sendo um grande jogador. Pelo o que tenho observado, o D'Alessandro está muito bem fisicamente. Eu acho que ele tem que jogar, é essencial".

A equipe atual: "O Edenilson está muito bem. O Boschillia é uma afirmação. Cuesta e Lomba estão muito bem. O D'Ale dispensa comentários".

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

937 pessoas já votaram