Texto por Colaborador: Redação 04/06/2021 - 00:00

Thiago Galhardo saiu do banco para decidir a estreia colorada na Copa do Brasil frente o Vitória, com um gol de pênalti. Foi o décimo dele na temporada — e o 33º desde que chegou ao clube, no começo de 2020. Entrando no lugar de um apagado Yuri Alberto, o goleador alvirrubro na temporada falou logo após a partida:

"Feliz de poder entrar e ajudar a equipe. O professor deixa sempre claro que precisamos estar prontos do lado de fora. Temos um elenco qualificado. Fico feliz de ver o Boschilia poder voltar, e também o Saravia que já está ajudando há um tempo. Espero que a gente consiga seguir evoluindo".

"Jogo difícil, de mata-mata, onde as equipes se estudam bastante. Eles acabaram se retrancando bastante para jogar no contra-ataque. O lance (do gol) tem sido discutido mas é muito pênalti, ele me atrapalha para continuar em pé. Até ia deixar o Taison bater mas ele falou pra mim executar a cobrança, demonstrando que aqui não tem vaidade".

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

9 pessoas já votaram