Texto por Colaborador: Redação 12/11/2020 - 01:00

Artilheiro do Inter na temporada com 21 gols, Galhardo teve a oportunidade para empatar em uma cabeçada completamente. Abaixo do seu padrão, o atacante reconheceu que precisava marcar e viu uma equipe ainda insegura devido as mudanças drásticas ocorridas após a saída do técnico Eduardo Coudet, mas vendo um horizonte de melhora já na próxima semana. 

"Eu tive um ótimo momento. Na verdade, estou em evolução nos últimos anos. Estou com um gol a cada dois jogos. O nível de competitividade aqui é maior. Muda o treinador, mudam pensamentos, as coisas demoram para se adaptar. Não tem como mudar o sistema de jogo em um dia. Tem que dar tempo para o Abel e para encaixarmos o sistema dele. Tivemos a pré-temporada com o Coudet".

"Eles (América-MG) vieram com uma proposta de fazer um gol de contra-ataque, bola parada, conseguiram num cruzamento, parabéns. Não tem nada perdido, temos que nos recuperar. Eu mesmo tive chances de bola aérea, em um chute, não consegui. Senti o time um pouco nervoso, é normal. As coisas mudam, e vamos mudar para melhor, tenho certeza".

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

796 pessoas já votaram