Texto por Colaborador: Redação 22/11/2021 - 04:55

Após a saída do Maestro Tabárez na semana passada, o Uruguai busca uma substituição rápida. A intenção é que o novo treinador consiga liderar a seleção nos últimos quatro jogos das Eliminatórias para o Qatar 2022. Hoje, a Celeste está fora de tudo, na sétima posição da tabela. Nas últimas horas, do país vizinho publicaram que Marcelo Gallardo seria um dos grandes alvos da direção da Federação Uruguaia de Futebol.

O jornal El País referiu que a ideia dos dirigentes orientais é poder contactar -via zoom- com Juan Berros, representante de Gallardo, para transmitir ao treinador a sua intenção. Além disso, na mesma nota, Diego Aguirre, foi apontado como outro candidato ao comando. O atual comandante do River Plate começou sua carreira como técnico no Nacional e, somando tudo que já foi conquistado em Buenos Aires nesses anos, é muito procurado.

Logicamente, o comandante Millonario foi questionado sobre esta questão após triunfo neste domingo por o 1-0 diante do Platense. "Não vou comentar, não vou falar do Uruguai", se limitou a dizer.

Segundo o Olé, da Argentina, porém, voltar ao Uruguai seria estranho para Gallardo - pelas suas declarações anteriores - ao levar um projeto como o uruguaio pela metade. E ainda mais sem ter tempo para descansar depois de um desgaste significativo no River.

Embora saiba das dificuldades, a AUF não se dará por vencida. Segundo o Ovacion, a verdade é que os cartolas da Federação Uruguaia levarão tempo para avaliar as diferentes possibilidades e tomar uma decisão a respeito. “Não tem que ser hoje ou amanhã. Digo-lhes até que possamos levar uma semana ou 10 dias para tomar a decisão final ”, explicou uma fonte diretamente ligada à AUF ao portal charrua.

Entre hoje e amanhã haverá uma comunicação do presidente com Gallardo ou seu representante e esse será o momento em que os cartões serão colocados na mesa. “Como podemos saber que Gallardo é impossível se não falarmos com ele?”, Disse uma fonte da AUF, com ênfase. Da mesma forma, apesar de todos os líderes estarem alinhados em nome de Gallardo, eles sabem como é difícil para ele chegar ao Uruguai.

Caso seja especificada a recusa do treinador portenho, entram em jogo os demais nomes, que não foram contatados pela AUF mas confirmados pelos envolvidos. São eles Diego Aguirre, Alexander Medina, Fabián Coito e Guillermo Almada.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

572 pessoas já votaram