Texto por Colaborador: Redação 15/07/2020 - 14:10

A Prefeitura de Porto Alegre ainda não deu aval para realização do Gre-Nal 425, marcado para 22 de julho, e que marca a retomada do Gauchão.

O comitê de crise do município vai se reunir hoje (15) para avaliar os indicadores da pandemia do novo coronavírus e analisar a situação. Na sexta-feira, Nelson Marchezan Jr., prefeito da capital gaúcha, se mostrou incomodado com liberação estadual para volta do campeonato.

Segundo José Alberto Andrade, de GaúchaZH, Inter e Grêmio já se organizaram com cronogramas e protocolos para tudo acontecer no local determinado (Beira-Rio) e qualquer mudança, além de criar uma viagem, altera elementos delicadíssimas dentro das exigências atuais, sendo praticamente inviável a troca de cidade para o Gre-Nal, com potencial risco de cancelamento do clássico não sendo descartado.

Caberá agora esperar a decisão do prefeito porto-alegrense e buscar um posicionamento dos demais do interior, deixando as decisões das autoridades de Caxias, Novo Hamburgo, Pelotas e São Leopoldo, cidades envolvidas na retomada do Gauchão, para uma possível definição do duelo.

Uma reunião via videoconferência na noite desta quarta-feira (15), entre representantes da secretaria de saúde de Porto Alegre e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, irá debater a viabilidade de realização do clássico. 

Em entrevista à Rádio Gaúcha, Luciano Hocsman revelou que ainda não cogitava a possibilidade de levar a partida para outra cidade.

Fonte: UOL e GaúchaZH

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1600 pessoas já votaram