Texto por Colaborador: Redação 19/03/2020 - 11:10

A rádio Gre-Nal conversou na manhã desta quinta-feira com Erasmo Damiani, Gerente da Base do Inter que respondeu as perguntas dos jornalistas e falou sobre alguns temas do clube. Confira os principais trechos.

TEXTO:

Sobre o término do Sub-23: "Foi um processo de observação desde a nossa chegada. Tem jogadores que demoram a maturar, mas hoje, os mais novos ficam a disposição do principal mais cedo e os europeus procuram também os mais jovens."

Sobre o aproveitamento da base no profissional: "Não posso falar de três anos atrás. Posso falar apenas desde a minha chegada. De fato, o clube ganhou muito na base nos últimos anos e precisa aproveitar os jovens. Você vê que os mais jovens estão sendo aproveitados, então queremos concentrar nossas atenções neles. Cada vez mais cedo eles ficam perto de estar prontos."

Sobre a paralisação: "Sabemos que não será fácil ficar parado em casa. Até por isso, passamos orientações aos atletas para que eles se ocupem e mantenham um mínimo de atividade física. Não sabemos quanto tempo vamos ficar parados. A princípio, estabelecemos 21 dias de parada, mas deve se estender. No retorno, os atletas chegarão ao clube como se nunca estivessem entrado em um clube."

"Eu já conhecia o potencial de vários jogadores aqui da base. A chegada do técnico Fábio foi muito importante. Contratamos outros vários profissionais também pra base. Isso tudo nos ajudou muito."

Sobre a double pass: "É uma parceira desde a minha chegada. Temos ideias muito parecidas. Eles não tem gerencia sobre o clube, mas ajudam na construção das ideias. São realizadas avaliações e depois começamos ajustar. Ajuda muito."

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

1878 pessoas já votaram