Texto por Colaborador: Redação 30/06/2020 - 13:54

Segundo informações do jornalista Marcel Rizzo, em seu blog no UOL, o Grupo Globo começará a pagar os direitos de transmissão do PPV (pay-per-view) a partir desta quarta-feira (1), segundo acordo firmado com os clubes quando houve reprogramação de pagamentos devido à pandemia. A empresa já enviou comunicado aos parceiros de que fará os depósitos.

Diferentemente dos contratos assinados para TVs aberta e fechada, que preveem uma parte (40% de um total de R$ 1,1 bilhão) repartida igualmente entre todos os participantes, o PPV é distribuído com base no número de torcedores de cada clube que assinam o pacote.

No ano passado, a emissora usou uma pesquisa encomendada a um instituto especializado em cima da base de assinantes, com o Flamengo, liderando e recebendo 122,9 milhões de reais. O Inter ficou em nono lugar, com 30,55 milhões. Em 2020 a promessa era de criar um cadastro de clientes, com o clube de coração incluído no documento, para poder fazer a divisão dos valores.

Para este ano também esperava-se um valor total distribuído de R$ 700 milhões, R$ 150 mi a mais do pago em 2019, mas a covid-19, que derrubou as assinaturas do Premiere, devendo fazer com que a quantia final para a temporada fique abaixo do projetado. A última atualização obtida pelo UOL Esporte mostrou que a Globo já perdeu cerca de 431 mil assinaturas. Com pacotes custando entre R$ 80 e R$ 115, a emissora já perdeu ao menos R$ 34,4 milhões, um valor robusto.

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

1863 pessoas já votaram