Texto por Colaborador: Redação 04/07/2020 - 17:11

O governo do Estado do Rio Grande do Sul se manifestou em nota sobre o protocolo apresentado pela Federação Gaúcha de Futebol para o retorno do Campeonato Gaúcho. O comunicado diz que a situação está sob análise, mas admite que a competição poderá retornar "entre o final de julho ou começo de agosto".

Na atualização do distanciamento controlado do Estado desta sexta-feira (3), as regiões de Caxias do Sul e Pelotas passaram para bandeira vermelha, deixando todas as cidades indicadas pela FGF para receber jogos do Gauchão ema situação de alto risco.

O Estado segue sem registro de bandeira preta (risco altíssimo), mas, pela primeira vez, nenhuma região foi classificada em amarelo (risco baixo).

Confira a nota do governo do Estado sobre o retorno do Gauchão:

"Sobre o retorno do Campeonato Gaúcho, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul informa que segue avaliando o protocolo encaminhado pela Federação Gaúcha de Futebol. No momento, o Comitê Científico está concluindo uma análise sobre a volta dos treinos com contato físico. A estimativa é que a conclusão aponte que o retorno do campeonato possa ocorrer entre o final de julho ou começo de agosto. A liberação dos treinos ocorreria antes.

Segundo o modelo de Distanciamento Controlado, atualizado hoje (3), das seis cidades indicadas para a realização dos jogos, todas estão em bandeira vermelha. Esse fato, somado ao período que, historicamente, ocorre o pico da demanda de internações por síndromes respiratórias nos hospitais causa preocupação nas autoridades. Por esse motivo, o governo considera os próximos dias como cruciais para conter a transmissão do vírus. Na prática esportiva, a orientação não é diferente".

Cidades sugeridas pela FGF / Bandeira / Número de jogos

Porto Alegre / Vermelha/ 5 jogos
São Leopoldo / Vermelha / 2 jogos
Novo Hamburgo / Vermelha / 3 jogos
Caxias do Sul / Vermelha / 5 jogos
Bento Gonçalves / Vermelha / 2 jogos
Pelotas / Vermelha / 1 jogo

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

2663 pessoas já votaram