Texto por Colaborador: Redação 02/09/2021 - 00:00

O Governo do Estado do RS autorizou, na noite desta quarta-feira (1º), a volta de público aos estádios e eventos esportivos. Em um primeiro momento, o limite será de 40% da capacidade de cada setor de arquibancada e 2,5 mil no total, seguindo protocolos como o uso obrigatório de máscara e outros ainda não revelados. Todavia, cabe ressaltar que segundo determinação da CBF, as torcidas poderão voltar apenas quando todas as localidades de times envolvidos na disputa permitirem tal retorno.

O início da autorização depende da publicação dos novos protocolos no Diário Oficial do Estado (DOE), o que deve ocorrer nos próximos dias.

“Estamos avançando nas liberações e redução das restrições devido à melhora no cenário da pandemia no RS e por sermos um dos Estados que mais vacina no país, estando sempre no topo do ranking. A decisão sobre os eventos, assim como outras flexibilizações, serão reavaliadas conforme a gente atingir a meta de completar o esquema vacinal de pelo menos 70% da nossa população, que é o percentual definido por especialistas no mundo todo para a chamada imunidade coletiva”, afirmou o governador.

Todas as mudanças serão detalhadas em decreto e só estarão válidas após publicação no Diário Oficial.

A Federação Gaúcha de Futebol também se pronunciou, informando que desenvolveu um protocolo geral para a retomada do futebol com presença de torcida e também esteve presente durante todo o processo de discussão do retorno do público aos estádios, sabedora da importância que a receita de bilheteria tem para os clubes, além da geração de emprego que o esporte proporciona de forma direta e indireta em todas as regiões do Rio Grande do Sul.

- Foi uma tratativa longa e muito ponderada dada a importância do fato e do momento. Acredito que esse é um primeiro e fundamental passo para que consigamos construir a retomada cada vez mais completa do futebol, assim como outros setores da sociedade já estão fazendo com sucesso. Contamos agora com o apoio dos clubes e da sociedade como um todo para que possamos seguir sempre em frente - ressalta o presidente da FGF, Luciano Hocsman.

Público em estádios, quadras e demais eventos esportivos:
- 40% do público, por setor (vedado concentrar em único setor)
- teto de 2.500 pessoas
- abertura antecipada dos portões, para evitar aglomeração
- ordenamento na saída por setor, para evitar aglomeração na dispersão
- manutenção de distanciamento entre grupos, vedada aglomeração
- monitores para cumprimento de protocolos por parte do público
- venda de ingressos presencial exclusivamente em datas anteriores ao evento
- venda de ingressos na data exclusivamente por meio eletrônico
- manutenção do uso obrigatório da máscara, conforme lei federal

 

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

137 pessoas já votaram