Texto por Colaborador: Redação 24/09/2021 - 04:20

O Governo do Estado de São Paulo decidiu na noite de quinta-feira (23) - com base na orientação do Comitê Científico e após pedido dos cincos times paulistas que disputam a Série A e da FPF - autorizar o retorno do público aos estádios de futebol do estado a partir do dia 4 de outubro. A previsão anterior falava em 1º de novembro como data para a retomada. Agora, essa data prevê a ocupação total dos palcos do futebol brasileiro.

De acordo com comunicado do governador João Dória, a capacidade será limitada para 30% do setor, com o cumprimento de todas as normas sanitárias e de prevenção contra a Covid-19, recomendadas pela OMS. A ideia do poder público é que a capacidade seja ampliada para 50% depois do dia 16 de outubro. Para isso, os clubes terão de exigir dos torcedores um comprovante com esquema vacinal completo, com imunização total. As pessoas com imunização incompleta precisam apresentar um teste negativo com validade de 48 horas para o tipo PCR ou de 24 horas para os de antígeno. O uso de máscara, segundo o protocolo, será obrigatório em todo o estádio.

Ainda segundo a Folha de SP, a abertura do estado mais importante do país abre brechas para o retorno de jogos com a presença de público. No caso dos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro, a CBF tem marcado para o próximo dia 28 um Conselho Técnico para debater entre todos os 20 clubes o retorno do público aos estádios. A tendência é que a maioria dos dirigentes vote pela volta da torcida a partir da rodada do dia 2 de outubro, a 23ª da Série A.

Até esta quinta, somente o Bahia não teria o aval das autoridades sanitárias para receber torcedores no mês que vem.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

137 pessoas já votaram