Texto por Colaborador: Redação 01/05/2021 - 21:58

Paolo Guerrero pediu para rescindir o seu contrato com o Inter. Quem confirma a informação é Vinicius Prattes, procurador do atleta. O centroavante está desconfortável com a postura dos dirigentes sobre a sua renovação.

Aos 37 anos, o atacante da seleção peruana prefere aproveitar o segundo semestre de 2021 com outro clube que o tenha em seus planos futuros.

O camisa n° 9 já teria tomado uma decisão sobre seu futuro e teria pedido a rescisão de seu contrato com o Internacional, que termina em dezembro deste ano. Vários eventos que geraram desconforto no Peru e a iminente abertura do mercado de transferências na América do Sul e Europa seriam os principais motivos para esta posição.

Por outro lado, a própria direção gaúcha não colocaria muitos obstáculos para deixar o centrovante sair. Tendo em vista a delicada situação financeira que atravessa e que o artilheiro recebe um dos salários mais altos do Beira-Rio.

Nesse cenário, Vinicius Prattes, agente do atleta inca, falou sobre o assunto e explicou os motivos que seu cliente tem para deixar o SCI. 

“É uma falta de respeito pelo atleta. Ele investiu em sua recuperação. Ele faz tratamento três vezes ao dia. Resolve e rescinde. Falta respeito”, disse em diálogo com a Rádio Gaúcha.

Por fim, o empresário revelou que este pedido foi apresentado há algumas semanas. No entanto, João Patrício Herrmann, vice-presidente alvirrubro, negou a afirmação.

Depois de se recuperar de uma cirurgia no joelho, Guerrero jogou apenas cinco jogos pelo Inter este ano e marcou um gol (contra Aimoré) em seu novo retorno ao gramado.

O artilheiro da seleção já esteve ligado a vários clubes do continente, mas quem sempre esteve perto foi o Boca Juniors, que desta vez poderia ter sua contratação mais fácil.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

574 pessoas já votaram