Texto por Colaborador: Redação 13/04/2021 - 17:47

Participando do programa RDC Esporte, da RDC TV, na manhã desta terça-feira (13), o vice de futebol João Patrício Herrmann comentou sobre a renovação do contrato de Paolo Guerrero (válido somente até 31 de dezembro de 2021) e o sorteio da Libertadores ao lado de Olímpia, Always Read e Táchira. Confira suas impressões:

Sorteio da Libertadores e Grupo B: "Satisfação jogar uma terceira Libertadoes. O Internacional já tem uma tradição importante conseguindo uma classificação direta pela 3 vez, isso tem que ser valorizado. É muito importante jogar uma Libertadores, é bom para o clube, para o estado, país e para o futebol. Em relação ao grupo é bastante heterogêneo, são equipes que tem algumas com pouco mais de tradição, alguns no nível do mar e outro numa altitude gigantesca. Todos campeões de seus países, tanto Olímpia, tanto Always e Tachica são campeões nacionais, isso tem que ser valorizado, tem muitos jogadores de seleção em todos os times. Acho que vamos ter confrontos bastante dificeis e equilibrados. Até porque Libertadoes tem muito segredo, não é fácil, tem que se ganhar mas antes disputar, fazer jogo a jogo, cada jogo tem que ser uma final. É um campeonato diferente. A logística não vai ser fácil na Venezuela, uma distância gigantesca, a altitude de La Paz vai nos deixar bastante incomodado, mas faz parte. É uma situação de Libertadores e a gente vai com certeza junto com o Olímpia - que é o time mais tradicional ao nosso lado - ter maior pressão para nos classificarmos."

"É sorteio a gente tem que disputar. É uma Libertadoes muito equilibrada, com clubes tradicionalíssimos e vamos lá. Isso é Inter, estamos disputando competições nacionais e internacionais buscando os títulos e não vamos esmorecer neste momento. Sabendo que temos um elenco muito competitivo e treinador qualificado."

Estreia na Altitude "Vamos no dia do jogo para La Paz, hoje a gente vive uma pandemia, não podemos se dar ao luxo de ficar 2 ou 3 dias fora do país. Ideia é fazer uma viagem curta e fazer um bate volta em La Paz (...) Camisa não ganha jogo, vamos jogar contra 3 campeões de seus países. Na Bolívia a própria seleção brasileira tem um retrospecto negativo de jogar na altitude. Então a gente sabe das dificuldades. Vamos encarar equipes desconhecidas mas todas querem passar de fase e é importante fazer um bom resultado fora de casa e em casa buscar os três pontos. Jogar com a cartilha de Libertadoes que é não perder fora de casa e ganhar em casa."

Sobre a renovação de Guerrero: “Neste momentos não estamos tratando deste assunto. O Paolo tá integrado, tá voltando a jogar o futebol de alto nível que joga”.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

574 pessoas já votaram