Texto por Colaborador: Redação 12/04/2021 - 00:17

O site da GE.com conversou com o ídolo Colorado Iarley. O ex-jogador falou sobre o sobre a sua saída do clube e seus planos para o futuro. Iarley ressaltou que deseja permanecer em Porto Alegre e se preparar para rotornar novamente ao Gigante da Beira-Rio um dia. Confira os principais trechos.

DECLARAÇÕES

Como recebeu a demissão: "Tive uma conversa com o diretor geral, o Felipe. Ele me explicou que era pela contenção de despesas. Foi algo tranquilo. O Felipe falou sobre a situação econômica do clube, que a questão da pandemia tinha agravado. Isso resultou que outros funcionários e eu precisariam ser desligados."

Pensava em deixar o clube? "Não! Minha intenção era fazer carreira no clube. Estou há algum tempo na base e queria chegar ao profissional. Primeiro como auxiliar. Estava com a Licença B (da CBF). Tenho feito vários cursos de futebol na CBF. Durante a pandemia, tenho aproveitado para me qualificar bastante e ficar à disposição da base, ajudar nos treinamentos. Muitos jogadores que subiram eu treinava no Aprimorar. A intenção era continuar, mas entendo o momento.

Alguma mágoa: "Não, de maneira alguma. Só agradecimento ao clube pela oportunidade, por tudo o que passei no Inter."

Seus planos: "A intenção é fazer a Licença A da CBF e aí entrar no mercado como treinador. Pretendo tirá-la no próximo ano. Os outros cursos já concluí. Ainda estou na faculdade de Educação Física, no terceiro semestre.

Voltaria ao clube no futuro? "Claro! Tenho carinho pelo Inter e estou me qualificando. É um objetivo, sim.

Permanecerá em Porto Alegre? "Isso é um objetivo. Tenho que entregar réplicas do Mundial que vendi aos torcedores. Ainda desenvolvi bonés e outros produtos neste contato direto que tinha com o torcedor. Neste ano, completam 15 do Mundial. Tenho um livro que pretendo lançar até o fim do ano, "o Gigante Iarley". Então, estarei aqui.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

574 pessoas já votaram