Texto por Colaborador: Redação 30/10/2020 - 12:00

Admitidamente na mira do Inter no início do ano, o meia Nacho Fernandez, abriu as portas para a possibilidade de sair de River, justamente no momento em que o mercado no Brasil ainda está aberto até 9 de novembro, nesta quinta-feira (29).

"Tive de dar o grande salto, fechei um bom contrato com o River no ano passado. Agora estou um pouco mais calmo, mais confortável, mas se vier uma oferta, será analisada", iniciou o canhoto em entrevista à ESPN da Argentina. Todavia, o craque de 30 anos foi mais longe e suas palavras caíram como gelo para todos os "hinchas millonarios': "Houve sondagens do Brasil, a última oferta foi do Atlético Mineiro e o River descartou. Não posso garantir ao torcedor que nesta Copa Libertadores acabarei no River ".

Antes de renovar o contrato em janeiro deste ano, quando o prorrogou e as condições econômicas melhoraram, Nacho havia sido contatado pelo Inter. Para Gallardo, ele é um dos jogadores mais importantes do time, com o técnico falando com ele e conseguindo convencê-lo a ficar em Buenos Aires. No entanto, a caminho de completar 31 anos, Fernández vê com bons olhos uma transferência. “Não estou economicamente salvo. Não gostaria de sair no meio de uma Copa Libertadores, por isso estou muito tranquilo. Com o Gallardo falamos de tudo, ele é muito aberto com todos os jogadores. Você pode conversar com ele e pedir conselhos”, acrescentou antes de esclarecer que com Gallardo “não há nenhuma promessa, ele não precisa”.

Nacho Fernández também se mostrou aberto para falar sobre seu futuro próximo, chegando a se referir às ligas em que se vê jogando. "Desde a Europa não virão buscar um jogador de 31 anos, aspiro ir ao Brasil, ao México ou aos Estados Unidos", comentou o meio-campista cuja ligação com o River Plate se estende até junho de 2023, embora a partir de suas declarações pareça difícil de imaginar que será cumprido. Sua cláusula de saída é de 7 milhões de dólares, embora como já estamos nos últimos dias do mercado argentino, se sair agora o preço a pagar seria de 8.600.000.

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

794 pessoas já votaram