Texto por Colaborador: Redação 19/06/2021 - 19:08

O Inter anunciou através de suas páginas oficiais e de uma coletiva do presidente Alessandro Barcellos neste sábado, o uruguaio Diego Aguirre como o novo comandante do clube. O treinador assina contrato até dezembro de 2022. Irão compor a comissão técnica o auxiliar Juan Verzeri e o preparador físico Fernando Piñatares.

“Felicidade e orgulho de representar essa camisa mais uma vez. Como jogador e treinador ganhamos grandes jogos e ficou o sentimento que essa história deve continuar. Estou de volta para um lugar que fui muito feliz e tenho certeza que vamos viver momentos extraordinários juntos”, destacou Aguirre ao site oficial do clube.

Outro que está de volta ao clube é Paulo Paixão, que retorna como coordenador de preparação física. Profissional de ampla experiência e com trajetória marcante na Seleção Brasileira, tendo participado dos títulos de 1994 e 2002, Paixão fará sua terceira passagem pelo Clube do Povo, onde já esteve à frente da preparação do time nas temporadas de 2005 e 2006, com os técnicos Muricy Ramalho e Abel Braga, e em 2013, com Dunga.

Confira o que disse o mandatário do clube na coletiva virtual.

VÍDEO:

DECLARAÇÕES DO PRESIDENTE NA COLETIVA:

Anúncio: "Nós tivemos na sexta passada uma decisão difícil tomada em conjunto, departamento de futebol e conselho. Temos o entendimento de que precisávamos de um treinador com o modelo que queríamos. Tivemos que nos colocar no desafio de que, infelizmente, interrompermos o trabalho. Essa foi uma decisão difícil."

"Aqui vale o registro ao CAPA, nosso vice-presidente João Patrício Herrmann, que nos ajudaram a produzir o levantamento para tomarmos uma decisão. Na quinta nós juntamos esses elementos e ali passamos a definir quem seria nosso treinador. Nós nunca paramos de trabalhar, se erramos em algum momento, não erramos por falta de trabalho."

"Nós estamos dando prioridade para o trabalho, mas é absurdo o que ouvimos durante a semana. De histórias, ligações na madrugada. Estamos trabalhando para mostrar algo do que realmente a gente acredita. Nós vamos anunciar aqui nosso treinador, e quero deixar claro que o clube juntou elementos, mas fez proposta para um único treinador. E aqui anunciamos Diego Aguirre."

"Um técnico identificado com o clube, se caracteriza por intensidade, tem uma ideia agressiva de futebol. Não nos esquecemos daquela campanha em 2015 em que o Beira-Rio pulsava. Anunciamos aqui também o retorno de Paulo Paixão."

"Seremos protagonistas dentro e fora de campo, em todas as áreas do clube."

Duração de contrato: "O contrato é até o final de 2022 e faremos a apresentação na segunda-feira."

Sobre especulações: "Geram um debate que tira o foco de quem se entrega aqui dentro e busca o trabalho. Só atrapalham. Eu não acredito que essas pessoas sejam colorados, isso só nos atrasa."

Sobre a preparação física com Paulo Paixão: "É um trabalho complementar que o clube precisa, nos coloca em conexão com a base, atletas que voltam de lesão."

Se o grupo sabe da informação: ""Jogadores estão terminando o treino e vão concentrar. Tenho absoluta certeza que o grupo entende, compreende e ajudará o Aguirre. Integrando comissão técnica e jogadores".

Sobre o retorno de P. Pauxão: "Paixão vem para cumprir uma função que o clube precisa. Independente da comissão que viesse. Profissional que, recentemente, esteve no Bahia. Conversamos com ele. Ele vai além. Esteve em 5 Copas do Mundo. Trás junto uma energia e trabalho que vai nos ajudar".

Sobre cordenador técnico: "Não vamos preencher espaços por preencher. Estamos olhando o mercado. Essa função de coordenador técnico é uma função nova. Exige critérios e cuidados para que a gente não cometa erros".

Sobre reforços: "Temos uma limitação financeira e de mercado. Faço questão de dizer isso. É um desafio. Estamos trabalhando por reforços. Não prometo data, mas teremos sim, a possibilidade dentro de uma realidade difícil, de termos reforços pontuais".

Sobre o Aguirre: "Vestiário com alma vencedora, um time que busca a vitória desde o primeiro minuto. Esse são elementos que vem junto com o Diego. Está muito motivado para estar aqui (...) Em nenhum momento, é um profissional que já foi testado. Se formos falar em tempo, temos que quebrar esse tabu também. Não é o Aguirre que dura 7 meses, são os clubes brasileiros que ficam com um técnico 7 meses."

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

550 pessoas já votaram