Texto por Colaborador: Redação 07/04/2021 - 16:36

O Inter anunciou nesta quarta-feira o desligamento de funcionários de diferentes áreas do clube. Com o agravamento da crise financeira com a pandemia do Coronavírus, a diretoria do clube anunciou que precisou criar um conjunto de ações, que já estão sendo executadas desde o começo da atual temporada com o objetivo de conseguir enfrentar o momento difícil de pandemia.

Dentre essas medidas estão: redução de contratos com parceiros, fornecedores e suprimentos; redução de investimentos e redução da folha de pagamentos e do quadro funcional, ajustando o Clube para a nova realidade. A venda de atletas também será necessária em 2021 para viabilizar o pagamento de todas as despesas ordinárias.

Ex-jogadores que trabalhavam no Inter como Iarley e Fabiano estão entre os nomes. Além dele sete profissionais foram desligados do futebol feminino. Na mídia, até o momento, três pessoas saíram. Segundo informações do GE.com, o clube desligará um total de 60 funcionários e a diretoria estima reduzir em R$ 1,5 milhão as despesas mensais com as saídas. Além das demissões, os dirigentes renegociam contratos com fornecedores e cortam alguns projetos de longo prazo.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

255 pessoas já votaram