Texto por Colaborador: Redação 28/03/2020 - 16:28

Segundo informações do site GloboEsporte.com neste sábado, em reuniões à distância, o Inter avança no diálogo com os líderes do elenco Colorado para definir as medidas que serão tomadas para conter o impacto financeiro devido a pandemia do coronavírus. Por enquanto, única medida definida foi a antecipação das férias coletivas entre 1º e 20 de abril.

Resta agora negociar com os jogadores a redução nos vencimentos para o período sem jogos. A diretoria do Clube do Povo garante ter como arcar integralmente com os salários do mês de março. No entanto, o clube prevê queda brusca em receitas ordinárias - bilheterias e inadimplência do quadro social - e admite não ter fluxo de caixa suficiente para manter em dia as despesas mensais. Ainda não há definições sobre valores a ser reduzidos. Uma das possibilidades discutidas pela diretoria é o pagamento integral dos salários e o congelamento dos direitos de imagem, já que não há jogos em andamento.

As negociações devem avançar na próxima semana, a partir da cessão das férias. Está agendada uma reunião mais definitiva entre a diretoria e as lideranças do grupo - D'Alessandro, Marcelo Lomba, Víctor Cuesta, Danilo Fernandes e Edenílson.

A diretoria aposta no bom relacionamento com o elenco para facilitar as conversas. Segundo apurado pelo GloboEsporte.com, a resposta ouvida pelos dirigentes das lideranças é de que os atletas estão conscientes sobre as dificuldades financeiras e a gravidade do momento.

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

788 pessoas já votaram