Texto por Colaborador: Redação 21/10/2021 - 22:00

O Inter recebeu o melhor visitante da Série A, Bragantino, em duelo direto - e atrasado da 19° rodada - pelo G5 nesta noite de quinta-feira. Contando com pouco mais de 8 mil colorados no Gigante, o técnico Diego Aguirre mandou a campo uma formação diferente, tendo Lindoso ao lado de Johnny, além de Kaique Rocha estreando na defesa. E após um primeiro tempo parelho, com boas chances criadas pelos alvirrubros, uma etapa final apática (além de extremamente defensiva) ofereceu as brechas necessárias para o empate, cedido nos últimos minutos em jogada nas costas das duas laterais. Embora amargo, a iguldade acabou fazendo justiça ao pouco apresentado pelos colorados depois do intervalo: muito modificado, os vermelhos não tinham a bola e com peças abaixo da crítica - como Palácios e Boschilia - foram punidos. Com o tropeço, o SCI sobe ao menos uma posição, com 40 pontos, mas perde uma grande chance de entrar no G5 e colar no topo de cima.

Agora, Aguirre & Cia retornam a campo no próximo domingo (23), às 16h, diante do Corinthans, no Beira-Rio.  

Um primeiro tempo parelho e de igual para igual, mas com vantagem vermelha. Após 15 minutos truncados e sem nenhuma intervenção ofensiva, o Inter chegou pela primeira vez em dois lances armados de Taison para Maurício, com o mesmo filme se repetindo três minutos depois, ou seja, Cleiton salvando. Na sequência, porém, o SCI assistiu os visitantes tendo a bola por praticamente 15 minutos, enquanto os comandados de Aguirre só reagiram aos 38', quando em linda jogada de Yuri para Maurício, teve dessa vez o camisa 27 acertando em cheio, sem chances para o arqueiro. Ao todo foram 6 finalizações gaúchas e 7 paulistas.

Com uma equipe muito descaracterizada, dos 45' aos 90' o Clube do Povo praticamente se limitou a tentar segurar a vantagem. Tentando dar sangue novo ao time, Aguirre colocou Paulo Victor e Palácios já no intervalo, mas, na prática, só aumentou a ruindade geral, sobretudo com o chileno. Saindo ainda mais ao ataque, o Massa Bruta avançou as linhas e passou a incomodar Lomba. Aos 65' grande chance com Paulo Victor mas por pouco Mauricio não ampliou. Com inúmeras mudanças, o SCI já contava com 8 reservas de 11, enquanto o jogo começava a ficar um "ataque vs ataque" desordenado de ambos os lados. Com nem 30% da posse, o Inter ia aos trancos e barrancos segurando o ímpeto paulista, até que uma falha na posse de bola resultado no empate do Bragantinos, há 2 minutos do apito final. Uma ducha d'água fria aos comandados de Aguirre? Sem dúvida, mas merecida após um segundo sem nenhuma proposta ofensiva ou capacidade de controlar a bola minimamente. 

DESTAQUE POSITIVO: LOMBA E KAIQUE ROCHA

FICOU DEVENDO: BOSCHILIA E PALÁCIOS

FICHA TÉCNICA & CURIOSIDADES

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

571 pessoas já votaram