Texto por Colaborador: Redação 20/01/2021 - 00:00

De acordo com informações do jornalista Cristiano Silva, da Rádio Guaíba, visando enxugar custos para o orçamento de 2021, a gestão recém eleita de Alessandro Barcellos (triênio 2021-2023) decidiu não fretar mais voos para o restante do Campeonato Brasileiro de 2020. A economia giraria em aproximadamente 450 mil reais segundo o repórter. Restando ainda quatro viagens até o encerramento do Brasileirão 2020: São Paulo, Curitiba e duas para o Rio de Janeiro, com isso, a delegação fará voos diretos, mesmo que comerciais, sem a necessidade de escalas.

"Serão voos diretos e de pouco desgaste", explicou o vice de futebol João Patrício Herrmann.

Ainda segundo o jornalista da Rádio GreNal, Bruno Flores, a nova direção projeta um corte de custos no futebol (em relação ao inicialmente projetado pela gestão anterior) de 5% a menos que 2020 e 9% abaixo da projeção do orçamento de Marcelo Medeiros (de 275 milhões), reduzindo para R$ 250 milhões.

Categorias

Ver todas categorias

Miguel A. Ramírez é o nome certo para comandar o Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

2638 pessoas já votaram