Texto por Colaborador: Redação 13/08/2020 - 20:30

Coudet surpreendeu e escalou o Inter com Edenílson (considerado por muitos como descartado antes da partida) tendo Lindoso e Patrick na formação titular para o primeiro jogo no Beira-Rio, nesta quinta (13), pela 2° rodada do Campeonato Brasileiro. E a julgar pela escalação a estratégia deu certo, após uma vitória 2 de 0 - que ficou barato para o Santos - construída através dos gols de Guerrero e Edenílson (em uma jogada allá futebol show). Dominando grande parte do confronto, 90 minutos de chances claras desperdiçadas pelo Colorado quase complicaram uma vitória que parecia próxima, mas extremamente justa. O triunfo leva o Inter aos seis pontos, mesmo número de Athletico e Atlético-MG – o clube paranaense leva vantagem nos critérios de desempate. 

Agora, o Internacional visita o Fluminense, no domingo (16), às 18h, pela 3° rodada.

Um primeiro tempo com volume, chances criadas, mas faltou o gol. Enfrentando um Santos que só tentou cavar faltas - sendo beneficiado pela patética arbitragem de Marcelo de Lima Henrique - os donos da casa somaram 11 finalizações contra apenas 2 dos paulistas, além de maior posse de bola (superior a 65%). Chegando com perigo em dois lances de Patrick, Galhardo perdeu na cara do gol. Outros momentos de perigo vieram através de Guerrero, Edenílson e Lindoso, em chances claras mas que não foram suficientes para abrir o placar. Uma etapa inicial com excelente nível, mas que faltou o último capricho.

No segundo tempo, Cuca mudou completamente sua formação tática e o Inter não conseguiu mais se impor, passando a sofrer em um duelo disputado e já sem amplo domínio gaúcho. E justo quando o jogo era mais parelho, o Inter conseguiu abriu o placar, com Guerrero. O gol obrigou o retrancado time alvinegro a sair ao ataque e o que se viu foi um massacre de chances desperdiçadas pelos jogadores de Chacho. Perdendo chances, o 1 a 0 incomodava e quase complicou quando o Peixe teve UM gol bem anulado pelo var, por toque de mão. A partir daí, o Inter seguiu superior e ampliou com uma pintura, em lance de Guerrero com Edenílson. No total, mais de 20 finalizações contra 5 do Santos resumem o domínio alvirrubro! Se fosse uma goleada, ninguém do outro lado poderiam dizer que foi injusto. 

DESTAQUE POSITIVO: SARAVIA

FICOU DEVENDO: -

FICHA TÉCNICA & CURIOSIDADES

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

884 pessoas já votaram