Texto por Colaborador: Redação 30/05/2021 - 05:52

O Inter fechou o primeiro trimestre de 2021 com um déficit de mais de R$ 31 milhões (três milhões a menos que o do mesmo período de 2020), segundo o GE.

O resultado financeiro dos primeiros três meses do ano foi divulgado no Portal de Transparência do clube. Até o dia 31 de março, o Inter somou um total de R$ 31.294.491 de prejuízo. 

A diretoria explica que considera o número dentro do projetado no orçamento do ano. Em contato com o jornalista Eduardo Deconto, o CEO alvirrubro, Giovane Zanardo, afirmou que a maior parte das receitas entra a partir do segundo semestre, como as premiações das competições e as cotas de TV.

Ainda segundo o portal, há perspectiva de que os números registrados no segundo trimestre do ano já sejam mais positivos. O clube mantém a previsão de fechar 2021 com superávit, de acordo com o que consta no plano orçamentário.

Conforme o documento publicado no Portal de Transparência, o clube recebeu R$ 69.728.693 neste período. O custo operacional das atividades ficou em R$ 76.304.100. O Inter contabiliza ainda outras receitas e despesas, listadas no quadro abaixo.

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

7 pessoas já votaram