Texto por Colaborador: Redação 13/10/2020 - 18:21

O Conselho de Gestão, por intermédio do presidente Marcelo Medeiros, e o vice-presidente de Negócios Estratégicos Lamana Paiva firmaram, no inicio da tarde desta terça-feira, o memorando de entendimento para a remodelação e modernização do Gigantinho com o consórcio OPUS/DCSET, melhor ranqueado nas comissões do Conselho Deliberativo.

“Hoje é um dia importante para o Sport Club Internacional e toda sua torcida. Estamos realizando um sonho, que será a modernização do nosso Gigantinho. Será nosso cartão de visitas para todos aqueles que vierem a Porto Alegre”, comemora Lamana Paiva.

“É com muita satisfação que acabo de receber todo o dossiê do projeto de modernização do Gigantinho, para ser apreciado pelo plenário do Conselho Deliberativo”, completa Guinther Spode, presidente em exercício do Conselho Deliberativo.

Cicão Chies, representante do consórcio Opus e DC7, comemorou o acerto, que ainda passará pela votação dos conselheiros do Clube. “A DCSET e Opus se sentem orgulhosas e felizes. É histórico para nossas empresas de realizar este sonho. Nossa meta é transformar o Gigantinho um dos lugares mais espetaculares do Brasil”.

O ACORDO

O Gigantinho ficará sob administração das duas produtoras em um contrato de 20 anos, seguindo o modelo de negócio na reforma do Beira-Rio com a Andrade Gutierrez. De acordo com o colunista de GZH, Leonardo Olvieira, o SCI também receberá um pagamento de luvas, além de participação que será paga mensalmente. Uma cota anual referente aos namings rights também deverá entrar nos cofres colorados.

Ademais, é uma exigência do Inter de que a reforma siga o projeto arquitetônico do estádio e de que seja mantido o seu perfil de espaço multiuso. Ou seja, mesmo sendo administrado por duas das maiores produtoras de shows e eventos do Brasil, o Gigantinho seguirá capacitado para abrigar eventos esportivos.

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1622 pessoas já votaram