Texto por Colaborador: Redação 03/04/2020 - 00:12

Fora dos gramados desde o duelo contra o Palmeiras, no dia 10 de julho, pelas quartas de final Copa do Brasil, devido a um edema ósseo no joelho esquerdo, o volante Rodrido Dourado segue com sua situação indefinida sobre quando poderá retornar aos gramados. Com contrato válido até dezembro de 2020, pela legislação, a partir de julho, o camisa n°13 poderia assinar um pré-contrato com outra equipe, saindo de graça. Porém, as últimas informações dão conta de que os contatos já foram iniciados visando uma renovação, informa o portal GaúchaZH, nesta quinta-feira (2).

Em contato do portal com o empresário do volante, Gilmar Veloz, foi confirmado que as primeiras conversas - antes mesmo da pandemia - já foram realizadas. Por enquanto, tanto empresário como jogador não tratam sobre uma eventual saída do Beira-Rio e garantem que cumprirão o contrato com o Inter, além da preferência na negociação. Anteriormente, o Colorado também havia iniciado a negociação para renovar o vínculo, mas, com a lesão, as tratativas esfriaram.

Também no ano passado, segundo o jornalista Bruno Flores, da Rádio GreNal, Dourado interessou ao Flamengo. No jogo entre Grêmio x Flamengo, na Arena, pela Libertadores, a direção carioca tentou contratá-lo, oferecendo, inclusive, para que ele se recuperasse na Gávea. Todavia, Dourado não quis sair enquanto que a direção alvirrubra esclarece que não recebeu proposta.

Ainda segundo o repórter, Jorge Jesus gosta muito do perfil do meio-campista de 25 anos. Jorge Baidek, que é amigo do técnico e foi empresário do volante, indicou o jogador quando o português ainda treinava o Sporting. Desde então, JJ sempre observou com interesse o volante formado no Celeiro de Ases.

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

737 pessoas já votaram