Texto por Colaborador: Redação 21/10/2020 - 00:00

Em declarações ao portal GZH e CP nesta terça-feira, o Inter não escondeu sua insatisfação com o comando do VAR para o confronto pelo Brasileiro no próximo domingo, pela 18° rodada, diante do Flamengo. Isso porque Elmo Alves Resende foi pivô das polêmicas no empate entre SP e Grêmio, no sábado passado, sendo justamente o nome escolhido para o duelo mais importante da rodada, na partida que valerá a liderança da competição. 

"Não vejo com bons olhos. É o jogo mais importante da rodada. Depois do episódio do jogo do Grêmio, ele deveria ter sido preservado para evitar maiores polêmicas (...) Não vi até agora uma explicação da CBF sobre a troca do arbitro de vídeo (no jogo São Paulo X Grêmio). Isso tem que ser explicado, tem que ter uma explicação", para emendar. “O Inter não fará nada. O melhor era dar uma partida de menos destaque para ele atuar, mas já houve a indicação. Vamos torcer para ele ter uma boa atuação no jogo”, comentou o mandatário alvirrubro.

Mais tarde, em entrevista a Rádio Guaíba, o executido de futebol alvirrubro, Rodrigo Caetano, amenizou a questão no país: "Não dá para colocar sob suspeição os profissionais da arbitragem. Quando ocorrem erros, reclamamos, mas jamais imaginamos que possa existir qualquer tipo de conspiração".

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

633 pessoas já votaram