Texto por Colaborador: Redação 24/06/2020 - 16:37

A direção do Inter pagou nesta quarta (24) os salários de maio dos atletas, que estavam atrasados desde o último dia 5, informa o jornalista Rodrigo Oliveira, em GaúchaZH. Sem verba de cotas de televisão e de bilheterias, a direção não conseguiu pagar a folha em dia, graças a linha de crédito aberta pela CBF correspondente a uma antecipação de R$ 7,5 milhões referentes aos direitos de transmissão do Brasileirão. Nesta quarta (24), foi paga a primeira parcela, ficando uma outra em aberto para o próximo mês.

Segundo o GE, os dirigentes trataram do tema de forma transparente com os atletas, que se mostraram sensíveis às dificuldades vividas pelo clube. Havia o comprometimento de quitar todos os vencimentos até o final do mês.

O Inter registrou um déficit de R$ 51 milhões apenas nos primeiros quatro meses do ano. Destes, R$ 16 milhões, só em abril, o primeiro mês sob efeitos da pandemia. A queda de receitas é de R$ 20 milhões em comparação com este mesmo período no ano passado. No momento, o clube subsiste, basicamente, dos associados que mantêm o pagamento de suas mensalidades em dia, que não são suficientes para pagar sequer as folhas de pagamento dos jogadores e colaboradores.

A última vez que houve um atraso semelhante foi entre o final de 2016 e o começo de 2017, quando o Inter foi rebaixado para a Série B.

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

1784 pessoas já votaram