Texto por Colaborador: Redação 04/10/2020 - 00:00

Expulso em seu segundo GreNal - além de já ter cometido um pênalti em Caxias - o argentino Damián Musto pediu para se manifestar sobre o lance em que acertou Diego Souza e levou cartão vermelho após interferência do VAR. Ainda na Arena, o volante argentino negou que tenha tido a intenção de agredir o centroavante do Grêmio e fez um pedido de desculpas aos companheiros e aos torcedores colorados.

"Quero esclarecer como foi o lance. Senti o Diego Souza me tocar por trás no lado esquerdo e que ele ia para o outro lado. O que fiz foi abrir o braço, não à altura do seu rosto. Abri para não deixá-lo passar. Por mais que se possa explicar, aconteceu novamente e assumo.  Estou orgulhoso deste time e de como disputam cada jogo. Não há muito mais para explicar. Estou doído, mas não arrependido, porque não fiz nada para ser expulso. Sinto que a decisão foi um pouco rigorosa e que muito tem a ver com o meu antecedente, por outras coisas que aconteceram e a minha maneira de jogar. Peço desculpas aos torcedores, aos meus companheiros e ao clube por ter deixado o time com um a menos. Reforço o orgulho dos meus companheiros".

Segundo dados do jornalista Franklin Berwig, é o terceiro jogo seguido em que o Inter não consegue chegar ao minuto 70 com 11 jogadores em campo. Curiosamente: a equipe não sofreu gol enquanto esteve com 10 jogadores nesses 3 jogos. Contra Grêmio, até conseguiu empatar. Além disso, o clássico tem sido marcado pelas confusões: das 13 expulsões em Gre-Nal no ano, 7 foram do Inter e 6 do Grêmio. Média superior a duas por clássico, mas todas em 4 dos 6 jogos.

ÚLTIMAS EXPULSÕES EM SEQUÊNCIA

14/2T - Zé Gabriel x São Paulo
12/2T - Leandro Fernández x América de Cali
24/2T - Musto x Grêmio

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

724 pessoas já votaram