Texto por Colaborador: Redação 13/10/2021 - 00:05

O GE.com apresentou o potencial que cada time para a rodada #26 do Brasileirão comparando o desempenho nos últimos 60 dias como mandante ou visitante em todas as competições e também nos últimos seis jogos independentemente do mando. Também são consideradas as performances defensiva e ofensiva das equipes no jogo aéreo e no rasteiro. Em parceria com o economista Bruno Imaizumi, são analisados 76.386 finalizações cadastradas pelo Espião Estatístico em 3.135 jogos de Brasileirões desde 2013 que servem de parâmetro para a produtividade atual de cada equipe.

Favorito >> Internacional

O Internacional é o segundo colocado na classificação do returno e o oitavo mandante do Brasileirão (5 V, 3 E, 3 D, 55%). Mas se considerados todos os jogos disputados apenas nos últimos 60 dias, a equipe gaúcha tem o melhor aproveitamento caseiro (100% em quatro jogos). Só que nesse bimestre, o América-MG não perdeu como visitante (1 V, 4 E, 0 D, 47%, sétimo desempenho). No Brasileirão, a equipe mineira é a 13ª mandante (2 V, 6 E, 4 D, 33%). O problema do América-MG é que os adversários vêm criando cada vez mais chances de gol contra ele, e isso é ruim porque o Inter tem o terceiro ataque caseiro mais eficaz, com um gol marcado a cada 8,4 conclusões e média de 13 tentativas por jogo (décima marca). O América é o décimo visitante em finalizações sofridas (12,8), mas tem a quinta menor resistência a pressões, com um gol sofrido a cada 9,0 conclusões. No ataque, faz 13,3 tentativas por jogo, terceira maior média visitante, mas tem a quinta pior eficiência, com um gol sofrido a cada 13,3 (um gol por partida). O Inter sofre 10,3 finalizações por jogo (11ª marca) e tem a 13ª resistência, um gol a cada 9,4 conclusões.

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

137 pessoas já votaram