Texto por Colaborador: Redação 17/07/2020 - 10:15

A rádio Gre-Nal conversou na manhã destas sexta-feira com Ademir Quintino, setorista do Santos. O repórter comentou a respeito do atacante Yuri Alberto, novo reforço do Inter para a temporada de 2020. Confira os principais trechos.

TEXTO:

As negociações: "O Santos ofereceu R$ 120 mil e R$ 1 milhão de luvas. Depois aumentou um pouco. A proposta do Inter foi bem melhor. O Santos está em situação financeira periclitante. Não pagou várias contratações. Não tem condições de competir financeiramente com o Inter."

Sobre o atacante Yuri Alberto: "Ele tem a cara do futebol do Sul. Tem muita força. Lembra o Rodrigão. Não esperem jogadas técnicas. Ele precisa ser abastecido. E é impressionante como gosta de treinar."

No elenco Colorado: "Acho que tem condições de ser reserva do Guerrero. Mas o Guerrero é muito melhor. Não esperem um novo Guerrero porque a distância é gritante. Não é técnico, não sabe sair da área."

Poucas chances na temporada passada: "Sampaoli não oportunizava os jovens. Colocava só os veteranos. Pedia um monte de contratações e ainda errava. Por isso, o Yuri Alberto e outros meninos não jogavam."

Na base: "Ele sempre marcou gols na base do Santos. Sempre monitorado pelas seleções de base. Ele ainda tem muito a maturar, mas tem muito potencial físico. Jogador de força."

Valores ofertados pelo Inter: "Em meio a pandemia, eu não pagaria esses valores que o Inter está pagando por ele."

"Talvez o momento do Gustavo seja muito melhor que o do Yuri. Mas o Yuri tem potencial pra se tornar um jogador muito melhor que o Gustavo."

Principais caracerísticas: "Ele bate com as duas pernas. É muito na bola área. Finalizar é com ele."

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1597 pessoas já votaram