Texto por Colaborador: Redação 04/10/2021 - 17:15

A falta da bilheteria com os portões fechados nos estádios em virtude da pandemia do novo coronavírus pesa para todos os clubes, claro. Mas na Série A do Campeonato Brasileiro, a dupla carioca Fluminense e Flamengo encabeçam e lideram por muito a lista dos prejuízos. O Inter ficou em 12º.

Só a dupla Fla-FLu  representa 25% do vermelho acumulado por todos os 20 participantes da Primeira Divisão. O Flamengo perdeu R$ 1.862.183,05 sem público. Logo atrás, o Fluminense ficou no vermelho em R$ 1.710.714,12. No total, todos os clubes acumulam um prejuízo de R$ 14.060.628,59. A dupla Fla-Flu, que gere o Maracanã, soma R$ 3.572.897,17.

Confira quanto cada clube perdeu com os portões fechados até a 22ª rodada do Brasileirão: (Via Danilo Lavieri - Colunista do UOL)

1 – Flamengo – R$ 1.862.183,05
2 – Fluminense – R$ 1.710.714,12
3 – Bahia – R$ 904.170,97
4 – Palmeiras – R$ 883.344,79
5 – Atlético-MG – R$ 753.286,93
6 – Santos – R$ 749.167,72
7 – São Paulo – R$ 733.294,01
8 – Corinthians – R$ 636.894,97
9 – América-MG – R$ 616.952,81
10 – Grêmio – R$ 586.673,00
11 – Cuiabá – R$ 585.356,83
12 – Internacional – R$ 581.041,33
13 – Ceará – R$ 558.339,73
14 – Red Bull – R$ 557.726,93
15 – Fortaleza – R$ 510.400,59
16 – Juventude – R$ 496.142,04
17 – Athletico – R$ 488.061,77
18 – Atlético-GO – R$ 426.260,69
19 – Chapecoense – R$ 420.517,05
20 – Sport – R$ 99,26

Categorias

Ver todas categorias

Tu apoia a mudança do escudo com a retirada da borda?

Sim

Votar

Não

Votar

137 pessoas já votaram