Texto por Colaborador: Redação 29/04/2021 - 17:02

Em fim de contrato com o Internacional, a saída do lateral direito Rodinei se tornou um problema no Beira-Rio. Líder em assistências do elenco (6) na temporada, o atleta assumiu novamente a titularidade mesmo após Miguel Angel Ramirez admitir que já não contava com seus serviços nas próximas semanas. Em entrevista ao GE, o vice-presidente de futebol Marcos Braz abriu o jogo sobre a situação do jogador:

“Ele têm contrato longo, já estava com esse contrato quando chegamos, foram emprestados porque era bom para o jogadore Flamengo. O empréstimo está acabando e têm situações pré-estabelecidas. Se depositarem o dinheiro, acabou a conversa, os jogadores saem (...) Se acabarem os contratos e não tiver proposta, os jogadores serão reintegrados imediatamente. Não vou ficar conversando fiado. Muito provavelmente o Rodinei estará aqui em 30 dias", disse.

Já em entrevista ao canal do jornalista Venê Casagrande, do jornal O Dia, o dirigente carioca revelou que o camisa n° 22 não terá seu empréstimo renovado sem custos:

"O empréstimo dele acaba em maio. Empréstimo que foi de graça. Será feito outro empréstimo de graça com o Inter? Não. Existe um valor contratual que, se o Inter pagar, ele leva o jogador. Se chegar lá no dia e não tiver, ele vai ser reintegrado imediatamente (...) Inclusive, eu já falei com o Rodinei. Eu, pessoalmente, em uma conversa com ele, mais ou menos isso aí. Rodinei, olha só, se por acaso o Inter não te comprar, a gente conta com você e você vai estar aqui daqui a um mês", finalizou. O valor da opção de compra é 4 milhões de euros, cerca de 26 milhões de reais.

 Rodinei já ganhou o aval de Rogério Ceni em entrevista recente. O técnico afirmou que o lateral será bem-vindo caso a opção seja retornar ao Ninho do Urubu.

Categorias

Ver todas categorias

Tu gostou da nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

574 pessoas já votaram