Texto por Colaborador: Redação 17/06/2021 - 01:08

O treinador interino Osmar Loss admitiu que a falta de pontaria ofensiva e um ambiente "mais seguro" defensivo são os maiore empecilhos no time colorado. Falando aos jornalistas logo após o tropeço para o Atlético-MG, pela 4° rodada, Loss não concordou com a opinião de que o Inter foi um time desorganizado dentro de campo. Confira suas declarações pós-jogo:

"A gente sabe que precisa evoluir. A primeira etapa é produzir as oportunidades. Não é agora, já com o Ramírez a gente produzia boas situações e não vem tendo eficiência. Estamos trabalhando diariamente em busca desta evolução, mesmo com o calendário apertado, para que possa redundar em eficiência melhor e sabemos que essa eficiência melhor vai entregar melhores resultados (...)  Foi o mesmo modelo que a gente usou desde os 25 minutos no jogo contra o Bahia. A estrutura que a gente percebeu que o Atlético-MG teria indicava que tínhamos de ter jogadores pelos lados de campo, que pudessem também manter o meio-campo forte. Em cima da análise do Atlético-MG, optamos por esta equipe".

"Todos os fatores que envolvem as características de um jogo, de uma equipe, temos que avaliar. Técnico, tático, psicológico, para construir uma equipe que tenha segurança para jogar. Tudo reflete na segurança. Em qualquer área, se sentir seguro, vai produzir melhor. Estamos trabalhando, é um processo. Não é com uma palavra bonita, de um dia para o outro, que vamos resolver esse problema".

"Eu não vejo uma desorganização. É claro que o tempo nos oprimiu, nos tirou a calma. Se tivéssemos mais tempo, talvez não acelerássemos tanto as jogadas. Isso é reflexo do final da partida, do cansaço e também das trocas que o adversário fez. Enfrentamos uma grande equipe. Não vejo uma desorganização simplesmente por ser uma desorganização. Ela é fruto do cansaço, das trocas. Acredito que a partir dos 30 minutos do primeiro tempo, o Inter se portou como uma equipe mandante tem que ser portar".

"Eu não gosto de avaliar o futuro. Estou à disposição da diretoria, sou um profissional muito melhor do que eu era nas outras duas passagens (...) Vamos auxiliar no processo de transição, se e quando ele ocorrer".

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1408 pessoas já votaram