Texto por Colaborador: Redação 20/10/2020 - 15:22

 O meia-atacante Marcos Guilherme concedeu entrevista coletiva na tarde desta terça-feira no CT Parque Gigante. O jogador Coloradoa respondeu as perguntas dos jornalistas e revelou inclusive que passou por alguns momentos dificeis dopois da parada devido a pandemia do Coronavírus. Confira os principais trechos.

VÍDEO:

TEXTO:

O bom momento e os jogos decisivos nas próximas semanas: "Com certeza vamos muito fortes e focados para garantir essa classificação tão esperada por nós. Chegou o momento de estar muito concentrado, de jogar cada jogo como se fosse uma final."

Exigência do Chaco: "Ele (Coudet) sempre coloca aquele que está mais preparado, aquele que está melhor para começar jogando e desta vez não vai ser diferente."

Seu rendimento: "Eu acho que após a pandemia eu dei uma caída, não consegui fazer aquilo que eu costumava fazer. Nos últimos três jogos, eu consegui retomar a confiança, consegui ajudar a equipe."

"Eu sou um cara que me cobro bastante, procuro estar sempre no meu melhor rendimento. Poucos sabem o quanto que eu trabalhei, o quanto que eu me esforcei. Muitas vezes a gente tem que trabalhar e não ouvir muito as opiniões."

O time para os próximos jogos: "Todo mundo quer jogar, todo mundo quer ser titular e eu acho que isso é uma dor de cabeça boa para o Coudet. Eu prefiro muito mais na posição que estou hoje, é uma forma que tenho aprendido e crescido muito nos treinamentos com as ideias da comissão técnica."

O "chato" Coudet: "O Coudet cobra, ele é chato mas é pelo nosso melhor."

Categorias

Ver todas categorias

Tu aprova o nome de Abel Braga para substituir Coudet até fevereiro?

Sim

Votar

Não

Votar

634 pessoas já votaram