Texto por Colaborador: Redação 25/03/2020 - 05:31

Somando atualmente cerca de 126 mil sócios, nem mesmo o rebaixamento em 2016 e a seca de títulos diminuiu a paixão e a intensidade do apoio oriundo da torcida colorada. Agora, no entanto, um novo inimigo invisível, o coronavírus, ameaça a saúde financeira dos clubes brasileiros como jamais antes na história.

Projetando em 2020 receitas na casa dos 90 milhões via quadro social, o Inter têm nas receitas sociais um dos pilares de sua sustentação financeira. Agora, a falta de jogos, a crise ecônomica e a zero perspectiva de retorno do futebol a médio prazo colocam em xeque a segunda maior fonte de recursos do Beira-Rio, atrás somente da televisão. 

Entretanto, ainda que o quadro especulativo seja ameaçador, no momento, a inadimplência não aumentou, segundo informações do vice-presidente de administração do Inter, Victor Grunberg, via Blog do Hiltor Mombach. De acordo com o dirigente, o clube não registra inadimplência até agora. 

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

789 pessoas já votaram