Texto por Colaborador: Redação 26/03/2020 - 11:00

A rádio Gre-Nal conversou na manhã desta quinta-feira com Paulo Paixão, preparador físico do Bahia, que falou sobre a parada devido a pandemia do Coronavírus e a sua situação no clube baiano. Confira os principais trechos.

TEXTO:

Parada do futebol: "A partir do dia primeiro teremos as férias coletivas. A ideia é que em junho recomece a Copa do Nordeste, claro que não na normalidade, mas já com um reinício, avaliando a situação."

Situação no Bahia: "Eu fico muito feliz com a postura do meu presidente. Ele está sempre presente. Ele está concatenado com as ideias do Roger. Eu tô muito feliz com essa forma de gestão do clube. O Bahia não fica devendo nada pra ninguém."

"Quando tivemos dificuldades de resultados, o ambiente externo ficou agitado, mas aqui seguia tudo tranquilo, com confiança no trabalho do Roger. Isso nos dá segurança e é muito importante."

Sobre o trabalho do técnico Roger: "Tudo tem fundamento e lógica. Não é atoa que deixou o Grêmio com um ótimo padrão de jogo, que o Renato deu bom prosseguimento. Não é atoa o bom trabalho realizado no Palmeiras e no Atlético-MG."

Orientações aos jogadores: "Passamos orientações normais aos atletas, para seguirem em suas residências. Mas os nossos jogadores se cuidam e se entregam muito. É ótimo ver eles tendo a consciência de cuidar do próprio corpo, que é o bem maior deles."

"Quem vai disputar várias competições precisa ter elenco. O detalhe é em cuidar se um tal jogador já atuou três ou quatro jogos seguidos e aí preserva-lo. Você pode até preservar colocando menos minutos em campo em determinado jogo."

Sobre as categorias de base do clube: "Não houve grande revelações até aqui, mas vão começar a surgir. Temos uma ótima capacidade de formação aqui. Os técnicos da base também são auxiliares do Roger, então há boa integração."

Um recado: "Minha mensagem é um pedido para que todos fiquem em casa, para que a gente possa contornar toda essa situação. Precisamos fazer com que esses números fiquem ínfimos perto da Europa, pois a situação lá é muito triste."

Categorias

Ver todas categorias

Você aprova a renovação de contrato de Rodrigo Dourado?

Sim

Votar

Não

Votar

856 pessoas já votaram