Texto por Colaborador: Redação 25/08/2020 - 11:00

A rádio Gre-Nal conversou na noite desta segunda-feira com João Peglow, atacante do Inter. O jovem jogador Colorado formado no Celeiro de Ases, respondeu as perguntas dos jornalistas e falou sobre a sua estreia no Beira-Rio na vitória sobre o Atlético Goianiense e de como tem sido o trabalho com Coudet nos profissionais. Confira os principais trechos.

TEXTO:

Sobre a lesão que sofreu no início da temporada: "Eu passei por uma lesão difícil e me esforcei bastante pra estar bem hoje no Inter. Agora, já não sinto mais nada e tô bem".

Sobre a falta de Guerrero: "Eu não sou um camisa 9 como o Guerrero, de área. Agora, como o Inter joga com dois atacantes, fica mais fácil. O pessoal na frente se ajuda".

Sobre o trabalho do treinador: "É muito bom trabalhar com o Coudet. Ele é um dos melhores treinadores que tem. Muito exigente, e é assim que tem que ser".

Sobre a vitória contra o Atlético-GO: "Uma honra. Eu cheguei com 9 anos no Inter. O jogo foi a minha estreia no Beira-Rio também. Momento inesquecível pra minha família. Também pude fazer uma grande partida".

Sobre o trabalho do grupo: "O grupo é muito forte. Todos que vêm jogando estão dando o máximo. O nosso time misto conseguiu vencer algumas partidas, mas o Coudet sempre fala que não tem time titular e reserva".

"Como a gente fala, 'é uma família', lá dentro".

Trabalhar com o Dalessandro: "O D'Ale é um ídolo pra mim. Sempre escuto o que ele tem pra nos dizer. É um ídolo do clube".

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1600 pessoas já votaram