Texto por Colaborador: Redação 24/07/2021 - 03:48

A reunião entre clubes da Série A e B para debater sobre a nova liga de futebol foi marcada por bastante confusão e acusações. O encontro virtual ocorreu na última sexta-feira (22) e o clima esquentou entre Mario Celso Petraglia, presidente do Athletico-PR, e Guilherme Bellintani, do Bahia. O mandatário nordestino acusou o representante paranaense de querer indicar prestadores de serviço à Liga.

Petraglia, acusado por Guilherme Bellintani, negou prontamente todas denúncias. O presidente do Bahia solicitou então que o encontro deixasse de ser virtual: “Essa reunião tinha que ser presencial”, disse. Na sequência, o mandatário rubro-negro respondeu: “Se fosse, já tinha acabado porque eu teria metido a mão na sua cara”. A queda de braço entre os dois se deu por discordâncias no processo de tomada de decisão envolvendo a liga.

Ainda de acordo com informações do ‘O Globo’, após alguns representantes interferirem na troca de farpas, os dois mandatários se desculparam, deixando claro que a formação da Liga ainda deve levar um tempo significativo para sair do papel. Até por esse clima todo, a reunião de ontem não foi tão produtiva. Os clubes esperam se encontrar de novo na semana que vem, em data ainda indefinida. O que está certo é a reunião do dia 9 de agosto.

A ideia é assumir mais controle sobre as decisões, já que hoje todos os torneios nacionais são controlados pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Apesar da vontade de fazer uma transição harmônica com a entidade, a Confederação passa por momento turbulento com o afastamento do presidente Rogério Caboclo. Ontem (22), o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) rejeitou o pedido do cartola para voltar à Presidência da CBF.

 

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1408 pessoas já votaram