Texto por Colaborador: Redação 23/09/2020 - 00:00

Futebol não é matemática nem ciência exata mas sem dúvida podemos chegar a conceitos gerais ou a "verdades universais", afinal, entre Ibrahimovic e André Lima, só sendo muito fanático para escolher a segunda opção. Então, baseado no racionalismo de René Descartes, aqui só vale a razão e a emoção é chutada para escanteio (quadro do site repetido nos principais jogos). A ideia é encontrar um denominador comum entre histórico do jogador, momento e sua importância na equipe. Vamos aos fatos e que comece o debate:

PROVÁVEIS TIMES - INTER (4-1-3-2) x (4-3-3 ou 4-2-3-1) GRÊMIO

 

LOMBA (33 ANOS)EMPATE
Ambos não vivem seus melhores momentos na carreira, mas de maneira geral são considerados bons goleiros.
(36 ANOS) VANDERLEI
SARAVIA (26)INTER
Mais jovem e recém convocado pela seleção argentina, o Inter conseguiu superar o consistente lateral do rival com a chegada do camisa n° 26.
(32) VICTOR FERRAZ
ZÉ GABRIEL (21)EMPATE
Com uma amostra ainda muito pequena, mesmo o bom potencial de ambos não apaga os erros recentes: tanto o defensor colorado como o gremista falharam em seus respectivos jogos na rodada anterior da Libertadores, dando sinais de inexperiência e insegurança para o GreNal. 
(22) RODRIGUES
CUESTA (31)GRÊMIO
Cuesta vive uma temporada abaixo e no geral é inferior a Kannemann, que mesmo não estando no seu melhor se mostra mais consistente.
(29) KANNEMANN
UENDEL (31)EMPATE
Dois jogadores experientes e criticados em suas posições. Ofensivamente Uendel pode entregar mais mas terá gás para resguardar atrás com Alisson em suas costas?
(33) CORTEZ
LINDOSO (31)INTER
Lindoso foi muito criticado no início da temporada enquanto que Lucas foi muito elogiado, no entanto, no momento o volante colorado tem demonstrado boa capacidade de compor o esquema de Chacho, principalmente com bons lançamentos.
(27) LUCAS SILVA
PRAXEDES (18)GRÊMIO
Ambos ocupam funções pouco diferente nesse clássico, mas o jovem de 18 anos precisa mostrar serviço na medida que Matheus Henrique - mesmo em baixa de rendimento - é peça regular e importante do rival
(22) MATHEUS HENRIQUE
BOSCHILIA (24)INTER
Após um início oscilante o meia colorado tem evoluído nos últimos jogos e encara um jovem promissor que ainda precisa demonstrar um pouco mais para superar o meia colorado.
(22) DARLAN
 NONATO (22)GRÊMIO
Alisson é titular do rival há muitos anos, fazendo o trabalho sujo e conseguindo ajudar ofensivamente. No lado alvirrubro, Nonato se destacou contra o América de Cali mas precisa de mais tempo e melhores atuações a longo prazo para subir na equipe e de conceito.
(26) ALISSON
THIAGO GALHARDO (31)

EMPATE
Antes que você esbraveje pelo empate (com o goleador do Inter no Brasileiro) o resultado é na medida que: embora atuem em posições diferentes, tanto Galhardo como Pepê são os destaques individuais da dupla. Assim, vemos o empate como o mais justo: Pepê tem a velocidade, o drible, sua juventude e o contra-ataque, Galhardo a inteligência, a técnica e a tranquilidade de matador. 

(23) PEPÊ
ABEL (30)EMPATE
Meses atrás o resultado provavelmente seria a favor do gremista, mas atualmente ambos vivem momentos distintos: Abel tenta se encaixar após recém chegar enquanto Diego Souza não tem conseguido repetir o nível do início do ano. No geral, ambos possuem técnicas parecidas, sendo que Diego destaca-se pelo pivô e imposição física e Abel soma tudo isso com uma maior velocidade.
(35) DIEGO SOUZA
 INTER 3x3 GRÊMIO 
 62,40 M €VALOR ELENCOS (TODO PLANTEL)
<
80,75M €
27,09MÉDIA IDADE (APENAS DOS XI ACIMA)27,90


VEREDICTO
: No último GreNal (pela Libertadores) apontamos o empate como mais provável, todavia, inúmeras lesões de ambos os lados - que parecem mais sentidas pelo lado colorado - embaçam qualquer prognóstico: por um lado o SCI vive uma temporada superior mas de instabilidade recente pelas baixas e sequência de jogos enquanto que o rival, em fase até pior, pelo menos tem se mostrado mais inteligente e malandro nos clássicos.

Assim como fez em 2019 contra Sampaoli e Coudet nos clássicos no Beira-Rio, Renato deve apostar numa postura defensiva e jogando no erro colorado, que tenta impor seu jogo de imposição no campo rival mas exige um menor número de falhas, pois oferece um imenso corredor nas costas da defesa. Ainda assim, pela importância do jogo, o empate parece ser novamente o mais provável, em todos os aspectos. Quem errar menos e conseguir uma vantagem abrindo o placar deve, assim, encaminhar um triunfo. 

 Deixe a sua opinião!

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1666 pessoas já votaram