Texto por Colaborador: Redação 04/09/2021 - 12:34

Em entrevista divulgada pelo portal do GE.com com o presidente colorado Alessandro Barcelos, evidenciou-se que o clube confia na permanência do meio-campista Edenilson até o fim do contrato, em dezembro de 2023. De acordo com o mandatário Vermelho, a questão foi superada e a expectativa é que o jogador não deseje deixar tão cedo do Gigante da Beira-Rio.

Ainda segundo GZH Esportes, a relação do presidente com o atleta é positiva desde os tempos que Barcellos ocupou o departamento de futebol. A proximidade entre ambos foi importante nas conversas entre as partes conduzidas após o interesse do Al-Shabab no camisa 8 em julho. 

A diretoria nos bastidores vê Edenilson satisfeito no dia a dia e poderá até abrir conversas para renovação. Publicamente, o Inter garante que não há pressa para abordar uma valorização ou renovação do vínculo, mas uma conversa poderá ocorrer após o retorno do jogador da seleção para tentar afastar o perigo de algum estrangeiro pagar a multa rescisória. O assunto será conduzido com cautela e prestigiando .

DECLARAÇÕES:

"É um assunto que superamos. Olharemos para frente. O Edenilson ainda dará muitas alegrias ao nosso torcedor. É um assunto que, por ora, resolvemos. Contamos com ele. Vida que segue. Sou suspeito para falar, mas o Edenílson é um dos três melhores jogadores brasileiros da posição. O Inter está muito bem servido. Contar com ele na equipe é sempre um acréscimo".

"Na medida em que apareçam, como apareceram interessados, sentamos e discutimos. Ele não deixou de ter seu compromisso e desempenho. Prova disso é que, mesmo com várias janelas internacionais de transferências abertas, tem feito boas apresentações que o levaram para a Seleção. É fruto do trabalho, mas também da relação positiva com o clube. Acredito muito nisso".

"Edenilson é um grande profissional. Comprometido com o clube, com este grupo. Tem contrato até o final de 2023 e, portanto, vai cumpri-lo."

Categorias

Ver todas categorias

Aguirre é a escolha certa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

1393 pessoas já votaram