Texto por Colaborador: Redação 23/01/2020 - 23:44

Mariano Pernía, representante do atacante Paolo Guerrero, declarou a mídia argentina na noite desta quinta-feira (23) que a negociação do peruano com o Boca Juniors ainda não está encerrada, aumentando novamente os rumores que pareciam perto de um desfecho feliz aos colorados:

"Existe a possibilidade (da negociação acontecer). Do nosso lado não temos mais o que fazer. A situação econômica da Argentina é conhecida. Quem está em um nível alto quer sair, para quem está fora é difícil chegar. O Boca busca a melhor solução para o negócio acontecer", explicou Mariano em entrevista ao canal TyC Sports

Questionado se Guerrero gostaria de jogar na Bombonera, disse que "Todos os jogadores querem. Ele também. No momento está em pré-temporada e está focado no Inter. Paolo tem dois anos de contrato e está confortável. Ele é muito agradecido porque, no momento da sua suspensão eles respeitaram tudo o que haviam acordado".

Por outro lado, o Diário Olé afirma que o centroavante alcançou um acordo com a antiga direção do Boca Juniors. Segundo o jornal, a nova gestão do clube, que tem o ex-meia Riquelme no comando do futebol, tenta pagar o prometido ao peruano para a concretização do negócio.

O Inter, no entanto, mantém o discurso de que Guerrero é inegociável, deixando claro que somente o pagamento da multa rescisória - na casa dos 4 milhões de euros - pode tirar o jogador do Beira-Rio.

Categorias

Ver todas categorias

Você gostou da 3° nova camisa do Inter?

Sim

Votar

Não

Votar

885 pessoas já votaram